quarta-feira, 27 de abril de 2016

ESPADA DE VIDRO de Victoria Aveyard




SINOPSE:


“Se sou uma espada, sou uma espada de vidro, e já me sinto prestes a estilhaçar.”

O sangue de Mare Barrow é vermelho, da mesma cor da população comum, mas sua habilidade de controlar a eletricidade a torna tão poderosa quanto os membros da elite de sangue prateado. Depois que essa revelação foi feita em rede nacional, Mare se transformou numa arma perigosa que a corte real quer esconder e controlar.

Quando finalmente consegue escapar do palácio e do príncipe Maven, Mare descobre algo surpreendente: ela não era a única vermelha com poderes. Agora, enquanto foge do vingativo Maven, a garota elétrica tenta encontrar e recrutar outros sanguenovos como ela, para formar um exército contra a nobreza opressora.

Essa é uma jornada perigosa, e Mare precisará tomar cuidado para não se tornar exatamente o tipo de monstro que ela está tentando deter.




A MINHA OPINIÃO:

Um livro com o qual eu estava bastante entusiasmada, por ter gostado bastante do anterior. O que acontece é que a maior parte das vezes em que me sinto assim, as expectativas saiem goradas... E foi o que aconteceu. Achei que andou muito a marcar passo, não avançava e coitadinha da protagonista, tipo Calimero, ninguém gosta de mim... Enfim, safa-se o final, que a autora muito inteligentemente escreveu de forma a deixar.nos em pulgas para saber como a protagonista se vai safar da situação. Como tal, espero o próximo volume, com esperança num livro bem mais entusiasmante

quinta-feira, 21 de abril de 2016

O PORTÃO DO CORVO de Anthony Horowitz




SINOPSE:


Matt Freeman é apanhado pela polícia durante um assalto e enviado para Yorkshire, ao abrigo de um programa governamental de recuperação de jovens delinquentes - LEAA. Desde o primeiro momento, Matt sente que algo muito estranho envolve a sua nova tutora e toda a aldeia.
Entretanto, o jovem rapaz descobre a existência de Os Velhos, forças do mal tão antigas como a própria Humanidade, que pretendem destruí-la. E só Matt os pode impedir...
Esta é a sua missão... é o preço por ser diferente... e por ter o poder.
Ninguém o quer ajudar, ninguém acredita nele, e quem o faz... morre.

Esta história dá corpo a uma perfeita fusão entre o Fantástico, o Paranormal e o mais actual universo da Era atómica. Há ainda o dinamismo de incursões através da Pré-História e ao fascinante mundo de criaturas tão perigosas como os dinossauros. Da primeira à última página, "O Portão do Corvo" envolve o leitor numa teia frenética de perguntas e respostas, como é o ritmo da vida de Matt Freeman e da própria Humanidade. 
Em 2006, com O Portão do Corvo, Horowitz recebeu três prémios: Lancashire Children's Book of the Year, Big Bishop Book Award e o Redbridge Children's Book Award. 





A MINHA OPINIÃO:

Um livro que combina vários géneros, como o sobrenatural e o suspense. Não foi um livro que adorei mas li com entusiasmo, sendo que ficou muita, muita coisa por explicar, o que funciona como uma chamariz para termos mesmo de ler os próximos livros. Um leitura agradável, para quem gosta do sobrenatural mas sem nos apresentar nada de verdadeiramente original

terça-feira, 19 de abril de 2016

A VIDENTE de Lars Kepler



SINOPSE:


«Por todo o mundo, sempre que a Polícia se depara com casos particularmente difíceis, recorre a médiuns e espíritas. No entanto, em nenhum documento figura a colaboração de um médium para a resolução de um crime.»
Flora Hansen diz-se espírita e garante ser capaz de falar com os mortos. Certo dia, ouve na rádio uma notícia sobre o caso de uma jovem assassinada num centro de acolhimento de menores e, na tentativa de ganhar um dinheiro extra, decide telefonar para a Polícia dizendo que o espírito da morta entrou em contacto com ela. No entanto, os resultados da investigação técnica atribuem a autoria do crime a outra das internas, uma jovem sensivelmente da mesma idade, que desde então está a monte.
O comissário da Polícia Joona Linna resiste à versão oficial e inicia uma investigação por sua própria conta. Mas cada nova resposta parece apenas conduzir a um novo enigma e a mais um beco sem saída. E ninguém se dispõe a ouvir a vidente, embora ela fale com os mortos.




A MINHA OPINIÃO:

Gostei bastante deste livro, suspense e emoção da primeira à ultima pagina. Confesso que não tinha desconfiado do(a) assassino(a) mas se calhar alguém mais atento teria chegado lá. Sem duvida um dos melhores livros que li nos últimos tempo. Quem gosta de policiais e de não conseguir parar de ler até à ultima pagina, não deve deixar de ler este :)


OUTROS LIVROS DESTES AUTORES:

 
(lido)

(quero ler)

(tenho para ler)


terça-feira, 12 de abril de 2016

UMA FAZENDA EM ÁFRICA de João Pedro Marques



SINOPSE:


Ao acordar em sobressalto naquela noite de junho de 1848, a jovem Benedita não podia imaginar a transformação radical que a sua vida iria sofrer. Um ano volvido, tendo perdido tudo o que a prendia a Pernambuco, embarcava com escassos haveres e o coração apertado em direção a Moçâmedes. Consigo seguia mais de uma centena de portugueses que, desiludidos com o Brasil, procuravam uma nova oportunidade, fundando uma colónia agrícola do outro lado do Atlântico. Uma Fazenda em África acompanha a vida e as histórias dos primeiros colonos numa terra brutal, trazendo à superfície os sucessos e desaires, os perigos e as surpresas da sua fixação num território inóspito e selvagem.
Baseado numa investigação histórica meticulosa e tendo como pano de fundo a colonização de Moçâmedes, este novo romance de João Pedro Marques leva-nos por uma África simultaneamente enternecedora e inclemente, carregada de exotismo e em cujos trilhos a aventura e o amor caminham de mãos dadas. 




A MINHA OPINIÃO:

Uma estreia nos livros deste escritor português. Gostei de saber mais sobre a época da colonização de África. E gostei particularmente do papel importante de uma mulher em toda a história. Imagino que tal não seria fácil numa época em que os homens que é davam cartas e as mulheres eras completamente subjugadas. Achei no entanto que existiam algumas personagens cujo existência era completamente dispensável e achei o final um pouco abrupto, depois de tudo o que aconteceu ao longo do livro. mas o balanço é bastante positivo

segunda-feira, 4 de abril de 2016

CANÇÃO DA RAINHA de Victoria Aveyard



SINOPSE:


Neste conto que se passa no universo da série A Rainha Vermelha, você terá acesso ao diário secreto da rainha Coriane, primeira esposa do rei Tiberias VI e mãe de Cal. Presente de seu querido irmão Julian, o caderno se tornou o único lugar onde a nobre prateada podia desabafar sem que seus pensamentos e emoções fossem usados contra ela.
Ainda jovem, Coriane Jacos foi obrigada a se mudar para o palácio real e lutava para lidar com os perigos e armadilhas do convívio com as outras Grandes Casas. A garota e o então príncipe herdeiro ficaram cada vez mais próximos, provocando a inveja e o ciúme de outras jovens da nobreza, sobretudo Elara Merandus — que tinha o poder assustador de entrar na mente das pessoas. Apaixonado, o príncipe descartou a Prova Real e escolheu Coriane como sua esposa, mas a vida da jovem rainha estava muito longe do tradicional “felizes para sempre”…



A MINHA OPINIÃO:

Não sou grande fã de contos mas resolvi ler este por recomendação de uma amiga e porque tem a ver com os livros de uma saga que estou a ler presentemente. Trata-se de uma espécie de diário da rainha mãe de um dos protagonistas dos livros d'A Rainha Vermelha. Gostei do inicio, de saber o que estava por detrás da saga em si mas gostava que apesar de ser um conto, o final estivesse um pouco mais desenvolvido