sexta-feira, 30 de janeiro de 2015

MALIGNA de Joanne Harris




SINOPSE:

Algo dentro de mim recorda e não esquecerá… Alice e Joe têm em comum a paixão pela arte - ela é pintora e ele é músico – e, em tempos, estiveram também unidos pelo amor que sentiam um pelo outro. As suas vidas seguiram diferentes rumos, mas o reencontro é inevitável. Joe tem agora uma nova namorada, Ginny, que provoca em Alice uma intensa perturbação. A beleza etérea e singular de Ginny repele-a, e o seu sinistro grupo de amigos atemoriza-a. Os hábitos estranhos da jovem deixam Alice suficientemente inquieta para levar a cabo uma investigação por conta própria.
E o que descobre vai mudar tudo. Ginny tem em seu poder um velho diário que conta a trágica história de amor de Daniel Holmes e Rosemary Virginia Ashley, cujo poder de sedução não conhece limites. Só que Rosemary morreu há meio século… mas o seu magnetismo não está certamente extinto. À medida que as histórias se entrelaçam, passado e presente fundem-se; Alice apercebe-se de que o seu ódio instintivo em relação à nova namorada de Joe pode não se dever apenas ao ciúme, já que algo em Ginny a arrasta irremediavelmente para um universo de insondável obsessão, vingança, sedução e sangue…


A MINHA OPINIÃO:

Um daqueles livros que nem sei muito bem como classificar. Gosto de livros sobre o fantástico mas achei este um pouco confuso, sempre  a saltar entre 2 momentos no tempo mas que baralhava um bocado por não ser muito claro esse salto, só depois de lermos algumas linhas. Não foi uma leitura que me tivese prendido mas também não dei por mal emprego o tempo que perdi a le-lo. Mas nota-se que não é de todo o género de livro para o qual esta autora esteja vocacionada.

Obrigada Paula Dias pelo empréstimo

quinta-feira, 29 de janeiro de 2015

O LADO MAIS SOMBRIO de A. G. Howard




SINOPSE:

Alyssa Gardner ouve os pensamentos das plantas e animais. Por enquanto ela consegue esconder as alucinações, mas já conhece o seu destino: terminará num sanatório como sua mãe. A insanidade faz parte da família desde que a sua tataravó, Alice Liddell, falava a Lewis Carroll sobre os seus estranhos sonhos, inspirando-o a escrever o clássico Alice no País das Maravilhas. Mas talvez ela não seja louca. E talvez as histórias de Carroll não sejam tão fantasiosas quanto possam parecer. Para quebrar a maldição da loucura na família, Alyssa precisa entrar na toca do coelho e consertar alguns erros cometidos no País das Maravilhas, um lugar repleto de seres estranhos com intenções não reveladas. Alyssa leva consigo o seu amigo da vida real – o superprotetor Jeb –, mas, assim que a jornada começa, ela se vê dividida entre a sensatez deste e a magia perigosa e encantadora de Morfeu, o seu guia no País das Maravilhas. Ninguém é o que parece no País das Maravilhas. Nem mesmo Alyssa...



A MINHA OPINIÃO:

Um livro que me deixou sentimentos contraditórios. Se por um lado achei engraçado conhecer o lado negro do Pais das Maravilhas achei que em algumas situações era um pouco exagerado, esticava a corda um pouco demais de no final foi tudo muito simples de resolver. Poderia ficar por aqui, pois o final poderia ser aceitável mas tem continuação e já agora, gostava de saber o que acontece a seguir, pelo que será uma saga que pretendo continuar a ler

terça-feira, 20 de janeiro de 2015

NINGUÉM ME CONHECE COMO TU de Anna McPartlin


SINOPSE

Eva e Lily eram as melhores amigas desde a infância. Porém, uma discussão enorme e dezessete anos mais tarde, Eva acorda de um acidente horrível e encontra a sua velha amiga a cuidar dela. De início, o reencontro é feito a medo, mas durante os muitos meses de Eva no hospital, as amigas enfrentam tanto as mentiras do passado como as suas falhas presentes. E cada uma vê claramente como a outra precisa de mudar a sua vida: Lily deve sair de um casamento impossível e Eva tem de enfrentar a dor que causou a outros. A crise que reuniu Eva e Lily parece uma bênção que lhes deu uma segunda oportunidade para se apoiarem quando mais precisam de um ombro amigo. Mal sabem elas que a sua amizade está sob uma ameaça que irá mudar o futuro para sempre...



A MINHA OPINIÃO

Gostei bastante deste livro. Um romance escrito de uma forma muito agradável e com uma história diferente dos romances cor de rosa habituais, num tom que nos deixa a querer ler sem parar e a tentar adivinhar como será o final, que nos deixa tudo em aberto, para usamos a nossa imaginação. Um livro que reocmento para quem gosta de romances. Obrigada Sónia Sousa pelo empréstimo

terça-feira, 13 de janeiro de 2015

A RAPARIGA-CORVO de Erik Axl Sund



SINOPSE

A psicoterapeuta Sofia Zetterlund está a tratar dois pacientes fascinantes: Samuel Bai, um menino-soldado da Serra Leoa, e Victoria Bergman, uma mulher que tenta lidar com uma mágoa profunda da infância. Ambos sofrem de transtorno dissociativo de personalidade. A agente Jeanette Kihlberg, por seu lado, investiga uma série de macabros homicídios de meninos em Estocolmo. O caso está a abalar a investigadora, mas não tem tido grande destaque devido à dificuldade em identificar os meninos, aparentemente de origem estrangeira. Tanto Jeanette como Sofia são confrontadas com a mesma pergunta: quanto sofrimento pode um ser humano suportar antes de se tornar ele próprio um monstro? À medida que as duas mulheres se vão aproximando cada vez mais uma da outra, intensificam-se os segredos, as ameaças e os horrores à sua volta.



A MINHA OPINIÃO

Adorei esta história, de factos os paises nordicos tem uns excelentes escritores de livros policiais.Foi uma boa maneira de iniciar este ano as minhas leituras. Não tinha reparado que se tratava de uma trilogia, por isso quando terminei o livro fiquei surpreendida por o fim ser da forma que foi mas quando descobri que afinal tem continuação, mal posso esperar para ler o livro seguinte. Recomendo vivamente a quem gosta de policiais e emoções fortes.