sexta-feira, 22 de junho de 2012

CALAFRIO de Sandra Brown


SINOPSE:

"Cleary, uma pacata cidade da Carolina do Norte, foi abalada pelo desaparecimento de cinco mulheres em dois anos e meio. Não há corpos, pistas ou suspeitos, apenas uma misteriosa fita azul abandonada no local onde cada mulher foi vista pela última vez…
Lilly Martin regressa a Cleary para concluir a venda da sua cabana de montanha e pôr um ponto final ao casamento com Dutch Burton, o chefe da polícia local. Depois de fechar as portas ao seu passado, não imaginava voltar atrás tão cedo. Mas, ao deixar a casa, sob um temporal, Lilly perde o controlo do carro e atropela um homem que emergia inesperadamente do bosque. Trata-se de Ben Tierney, que ela conhecera no Verão passado. Os dois são então forçados a regressar à cabana para esperarem pelo fim da terrível tempestade de neve.
Incontactáveis, com poucos víveres e quase sem aquecimento, Lilly e Ben vão aproximar-se um do outro, ao mesmo tempo que cresce a atracção e o desejo entre ambos. Mas, à medida que o isolamento se prolonga e os dois se envolvem, Lilly receia que a maior ameaça não seja o temporal, mas sim o homem ao seu lado...
Quem será o misterioso Ben Tierney: o raptor ou o homem capaz de salvar Lilly da tragédia que a assombra?
Calafrio é um romance intenso, no qual confiar na pessoa errada pode marcar a diferença entre a vida e a morte."

A  MINHA OPINIÃO:

Adorei este livro! Mal conseguia deixar de ler, tal era a vontade que tinha de chegar ao fim e deslindar o mistério de saber quem era o mau da fita. E tenho de confessar que tinha várias suspeitas mas não imaginava que era aquela personagem. Fui surpreendida e isso é algo que eu adoro, quando um livro me surpreende. Mais uma vez fiquei com vontade de ler todos os livros desta escritora e recomendo a toda a gente de goste de policiais com um toque de romance. Mais um livro que li pelo Club BlogRing do site My Imaginarium, obrigada!!!

O SORRISO DAS MULHERES

O SORRISO DAS MULHERES







SINOPSE

Para Aurélie Bredin, as coincidências não existem. Jovem, sensível e atraente, é a proprietária de um pequeno e romântico restaurante, Le Temps des Cerises, situado no coração de Paris, a dois passos do Boulevard Saint-Germain. Naquele pequeno restaurante forrado a madeira, com toalhas aos quadradinhos vermelhos e brancos, o seu pai conquistou o coração da sua mãe graças ao menu d’amour. E foi ali, rodeada pelo aroma do chocolate e da canela, que Aurélie cresceu e onde encontra consolo nos momentos difíceis da sua vida. Mas agora, magoada pelo abandono de Claude, nem sequer a calidez acolhedora da cozinha é capaz de consolá-la.
Uma tarde, mais triste que nunca, Aurélie refugia-se numa livraria. Um romance, O Sorriso das Mulheres, chama a sua atenção. Quando o folheia, descobre que a protagonista é inspirada nela e que Le Temps des Cerises é um dos cenários principais. Graças a esta prenda inesperada, volta a sentir-se animada. Decide entrar em contacto com o autor, Robert Miller, para lhe agradecer. Mas isso não é fácil. Qualquer tentativa de conhecer o escritor - um misterioso e esquivo inglês - morre na secretária de André Chabanais, o editor que publicou o romance. Porém, Aurélie não desiste e quando um dia surge efectivamente uma carta do autor na sua caixa de correio, acaba por daí resultar um encontro bem diferente daquele que tinha imaginado…





OPINIÃO

É um livro levezinho que se lê muito bem. A história é engraçada e ternurenta embora bastante previsível. Gostei das personagens, adorei o restaurante e todas as cenas que lá se passaram, até parecia que lá estava e que sentia aqueles aromas que me pareceram deliciosos. Por outro lado acho que o livro dá a  ideia que qualquer pessoa pode escrever um livro em três tempos desde que tenha uma ideia... Para mim isto não é verdade........ Enfim  gostei e tive umas boas e divertidas horas de leitura!


FERRUGEM AMERICANA

FERRUGEM AMERICANA





SINOPSE

Passado na Pensilvânia, num cenário de grande beleza mas economicamente destruído, é um livro sobre a perda do sonho americano e do desespero - bem como da amizade, lealdade e amor - que dela advêm.
Esta é a história de dois rapazes ligados à cidade pela família, responsabilidade, inércia e beleza, que sonham com um futuro para além das fábricas e das casas abandonadas. Isaac English é deixado a tomar conta do pai depois do suicídio da mãe e de a irmã ter fugido para a universidade de Yale. Quando finalmente decide partir, acompanhado pelo seu melhor amigo, o temperamental Billy Poe, antiga estrela do futebol do liceu, são apanhados num terrível acto de violência que muda as suas vidas para sempre.Ferrugem Americana, evocativa dos romances de Steinbeck, leva-nos ao coração da América contemporânea num momento de profunda inquietação e incerteza quanto ao futuro. Trata-se de um romance negro mas lúcido e comovente, acerca da desolação que se bate com o nosso desejo de transcendência e acerca da capacidade salvadora do amor e da amizade.




OPINIÃO


Gostei bastante deste livro. Uma linguagem fluída, boa caracterização dos personagens, da época e do local onde se passa a história. Também é uma boa história que  nos dá uma ideia realista do que se passou em muitas cidades americanas e das consequências, a todos os níveis, do esfumar do "sonho americano".

sexta-feira, 15 de junho de 2012

ESCRAVOS DO AMOR

ESCRAVOS DO AMOR







SINOPSE


Satisfação sexual...
Os dez anos como escravo sexual num bordel turco fizeram com que Lorde Valentin Sokorvsky tivesse um insaciável apetite sexual. Agora, chegou a hora de casar, mas encontrar uma mulher que consiga satisfazer os seus luxuriosos desejos representa um autêntico desafio para ele... Até que conhece Sara e tudo em que consegue pensar é em tê-la sob o seu corpo viril, suplicando-lhe que o saboreie e o acaricie.


OPINIÃO


Decididamente não é o meu género de livro.. É uma história que serve única e exclusivamente para encadear um sem número de descrições pormenorizadas e sensuais de relações sexuais. Eu prefiro uma boa história que tenha inseridas no contexto, algumas destas cenas. É um livro que li muito rapidamente, com uma escrita fluída e que recomendo a quem esteja nesta onda,,,


O Verão das Nossas Vidas de Luanne Rice

SINOPSE:

" Capri: uma ilha lendária, mergulhada em sabedoria e mistérios seculares…
Uma mulher que aprende finalmente a confiar na vida e no amor…
Mãe e filha, separadas durante anos, à procura de uma forma de enfrentarem juntas o futuro…

Há dez anos, Lyra Davis deixou para trás as pessoas que mais amava, incapaz de reconciliar as expectativas da família com as aspirações do seu próprio coração. Agora vive tranquilamente no meio de uma comunidade de expatriados em Capri, aprendendo devagar, com cuidado e pela primeira vez, a viver em pleno, desabrochando graças à amizade de um homem único que reconhece nela a sua alma gémea.
Em Newport, Rhode Island, Pell Davis está preparada para assumir o seu lugar entre a elite local. Porém, tanto ela como a irmã mais nova, Lucy, ainda suspiram pela mãe que as abandonou quando eram crianças, para serem criadas pelo pai que as adorava. Pell acha que conhece os motivos da sua mãe, que julgava poder amá-las melhor se partisse. Mas agora, com o pai morto, Pell decide atravessar o oceano para encontrar a mãe de quem se recorda e as verdades escondidas que Lyra nunca fora capaz de contar…
Sentimental e inesquecível, O Verão das Nossa Vidas revela como um romance improvável dá nova forma ao significado do amor e uma família resiste ao reavivar de memórias para encontrar um novo caminho."

A MINHA OPINIÃO:

Ora aqui está um livro que me surpreendeu pela positiva. Comprei este livro na Feira do Livro de Lisboa este ano porque estava em promoção e porque nunca tinha lido nada desta escritora. E gostei, gostei bastante da história, da escrita, da forma como a autora abordava os assuntos. Nada de muito complexo, um romance simples e encantador para se ler nas férias que se aproximam. As descrições da zona de Capri são deliciosas e fiquei com uma vontade enorme de atirar com o livro para o ar e ir a correr apanhar um avião e depois um barco para chegar a esta ilha paradisíaca....  :) Houvesse dinheiro para tal!!!! A única coisa que tenho a apontar é que acho que as protagonistas me parecem jovens demais para todas as vivências que tem, acho que deveriam ter mais idade do que uns simples 17/14 anos. Fiquei fã da escritora e com vontade de ler mais livros da sua autoria.

terça-feira, 12 de junho de 2012

A Floresta de Mãos e Dentes de Carrie Ryan


SINOPSE:

"Mary sabe pouco sobre o passado ou sobre o porquê de no mundo existirem dois tipos de pessoas: os que residem na sua vila e os mortos-vivos do lado de fora da cerca, que vivem de devorar a carne dos vivos. As Irmãs protegem a Vila e promovem a continuidade da raça Humana. Depois de a sua mãe ser mordida e se juntar aos amaldiçoados, Mary é enviada às Irmãs para se preparar para o Casamento com o seu amigo Harry. Mas as cercas são quebradas e o mundo que Mary conhece desaparece para sempre. Mary, Harry, Travis, que Mary ama mas que está prometido à sua melhor amiga, o irmão de Mary, a sua mulher e um pequeno órfão partem rumo ao desconhecido em busca de um lugar seguro, respostas às suas perguntas e uma razão para continuar a viver. "

 MINHA OPINIÃO:

Gostei muito deste livro. Li-o rapidamente, querendo sempre saber mais e mais. Pelos visto os livros sobre zombies estão a ser os que mais me tem agradado. Depois de "A passagem" e "Sangue Quente" também este livro me agradou bastante, dentro deste género. Consegui identificar-me perfeitamente com a personagem principal, uma mulher de coragem e que não é maria vai com os outros, torci por ela o tempo todos e sinceramente, achei que a miuda merecia melhor sorte, afinal perde toda a gente de quem gosta... mas chegou onde queria e mais não digo! Parece que tem continuação, fico à espera em pulgas por ela!!!

terça-feira, 5 de junho de 2012

A cidade das Ossos de Cassandra Clare




SINOPSE:

No Pandemonium, a discoteca da moda de Nova Iorque, Clary segue um rapaz muito giro de cabelo azul até que assiste à sua morte às mãos de três jovens cobertos de estranhas tatuagens. Desde essa noite, o seu destino une-se aos dos três Caçadores de Sombras e, sobretudo, ao de Jace, um rapaz com cara de anjo, mas com tendência a agir como um idiota…

MINHA OPINIÃO:


Mais um livro do género fantástico que mistura demónios e os seus caçadores com lobisomens e magos. Não foi uma leitura que me tivesse entusiasmado inicialmente. Mas com a promessa de que iria haver uma reviravolta no final, fui lendo e de facto quase no final este enredo sofre uma volta de 180º, já nem sabemos quem são os bons ou os maus... como tal fiquei com vontade de saber o que vem ai a seguir, apesar de confessar que estou a ficar cansada de sagas que nunca mais acabam... Mas sem duvida um livro direccionado para adolescentes e jovens adultos.

PRÓXIMO A LER: 


domingo, 3 de junho de 2012

OS DESCENDENTES

OS DESCENDENTES





SINOPSE

Tendo como cenário a paisagem exuberante do Havai, Os Descendentes é uma obra de estreia acerca de uma família pouco convencional que se vê forçada a unir-se e a recriar o seu próprio legado. Matthew King é advogado e um dos homens mais ricos do Havai. Mas a sorte muda quando, Joanie, a sua mulher, sofre um acidente numa corrida de barco que a deixa em coma. Esta situação acarreta novas responsabilidades para King, entre as quais aprender a lidar com as duas filhas, a pequena rebelde, Scottie, de dez anos, e Alex, uma adolescente de dezassete, que acaba de passar por uma desintoxicação de drogas. Entretanto, surpreendido por revelações inesperadas, King decide empreender com elas uma viagem...

Adaptado ao cinema por Alexander Payne e protagonizado por George Clooney, Os Descendentes foi considerado o Filme do Ano para a Associação de Críticos de Los Angeles e é um dos favoritos aos óscares.




OPINIÃO


Vi primeiro o filme..... Nunca mais vou fazer isso! Sabendo o que se ia passar tirou metade do interesse ao livro!
Não achei que as características das personagens fossem muito bem exploradas, não achei que os acontecimentos decorressem duma maneira fluida e não me consegui envolver na história. não consigo dar mais de três em cinco estrelas....