segunda-feira, 15 de novembro de 2010

A ilha



Sinopse

"Num momento em que tem que tomar uma decisão que pode mudar a sua vida, Alexis Fieldings está determinada a descobrir o passado da sua mãe. Mas Sofia nunca falou sobre ele, apenas contou que cresceu numa pequena aldeia em Creta antes de se mudar para Londres. Quando Alexis decide visitar Creta, a sua mãe dá-lhe uma carta para entregar a uma velha amiga e promete que através dela, Alexis vai ficar a saber mais. Quando chega a Spinalonga, Alexis fica surpreendida ao descobrir que aquela ilha foi uma antiga colónia de leprosos. E então encontra Fotini e finalmente ouve a história que Sofia escondeu toda a vida: a história da sua bisavó Eleni, das suas filhas e de uma família assolada pela tragédia, pela guerra e pela paixão. Alexis descobre o quão intimamente ligada está àquela ilha e como o segredo os une com tanta firmeza."

Gostei muito deste livro. Está bem escrito, a história convence e prende o leitor, queremos saber o que se vai passar a seguir. Sei que já não é um livro muito recente e que se calhar quase toda a gente leu, mas recomendo a quem ainda o não fez, pois não vai dar o seu tempo como perdido.

quarta-feira, 10 de novembro de 2010

Caim




Excerto

“A história dos homens é a história dos seus desentendimentos com Deus, nem ele nos entende a nós, nem nós o entendemos a ele." - José Saramago"

Não sou fã da escrita do José Saramago. Acho óptimo que ele tenha ganho 1 prémio Nobel da Literatura mas o 1º livro que li dele foi "O memorial do convento" e não fiquei com vontade de ler mais nenhum. Custou-em a acabar o livro, apesar de a história até se engraçada, não me cativou o tipo de escrita.

Mas alguns fãs do Saramago chatearam-me para eu ler mais qualquer coisa dele e apostei neste livro. Gostei, não adorei mas li sem esforço até ao fim. Ainda me ri com algumas situações e percebi perfeitamente a polémica criada em torno deste livro, por uma igreja católica com falta de sentido se humor... se vou ler mais coisas dele? sim, acho que sim, a seguir penso que me apetece ler "Ensaio sobre a cegueira"...

quinta-feira, 4 de novembro de 2010

Carrie



"Carrie é um livro de terror escrita por Stephen King em 1974. Conta a história de Carrie White, uma pessoa esquiva, destoante em sua escola, cruelmente tratada pelos colegas de classe para gozação e ostracismo, por seu histórico excêntrico (sua mãe é uma fanática religiosa). Alguns dos estudantes são punidos, e uma mostra simpatia, pedindo a seu namorado que a leva ao baile de finalistas, mas alguns querem vingança e imaginam um plano maligno para humilhá-la. O que a maioria dos estudantes não sabia era que Carrie possuia o poder psíquico de se transformar e de movimentar à distância. Quando ela fica nervosa, Carrie se transforma de uma garota inocente a um monstro corrompido de fúria, fazendo do baile de finalistas uma noite da qual nunca vão se esquecer."

Este livro foi passado a filme pelo realizado Brian de Palma e penso que toda a gente conhece ou ouvio falar. Mas o livro ainda não tinha lido. Gostei como gosto de todos os livros deste escritor, apesar de já saber como era a história. Sou totalmente completamente fã deste autor e dai me ter apetecido ler este livro, que me tinha oferecido no Natal do ano passado.