sexta-feira, 15 de outubro de 2010

Uma casa na Irlanda




"Ria e Marylin não se conhecem - vivem a milhares de quilómetros de distância, separadas pelo oceano Atlântico: um numa grande e acolhedora casa vitoriana em Tara Road, Dublin, a outra numa casa moderna em Nova Inglaterra. Seria difícil encontrar duas mulheres mais diferentes; a vida de Ria centra-se na sua família e nos seus amigos, enquanto a de Marylin conheceu muito sofrimento. Mas quando cada uma delas precisa de sair do ambiente que as rodeia, uma troca de casas parece ser a solução ideal. Juntamente com as casas emprestadas surgem os vizinhos e os amigos, os mexericos e as especulações quando Ria e Marylin trocam de casas durante o Verão..."

Adorei este livro! Tenho-o em versão de livro de bolso e confesso que me custou a começar a ler por ter mais de 700 páginas e umas letras minusculas mas depois de começar, fui embalada numa história deliciosa, que apesar de extensa, nos envolve completamente. Recomendo vivamente a leitura deste livro delicioso

quarta-feira, 6 de outubro de 2010

Amanhecer



"Bella casa-se com Edward os dois vão para sua lua de mel na ilha privada de Esme, na costa do Rio de Janeiro. Como Bella cumpre sua parte do acordo com Edward, casando-se com ele, ele acaba por cumprir a dele. Logo, os dois têm sua primeira experiência sexual. No começo, Edward fica irritado consigo mesmo, já que Bella fica coberta de hematomas. Mas depois ele concorda em tentar de novo. Assim, ocorre o inesperado: Bella fica grávida dele, o que todos achavam impossível. Edward e Carlisle decidem abortar a criança antes que esta mate Bella. Discordando da decisão deles, Bella conta com a ajuda de Rosalie, que apóia a decisão dela ter esse filho.

Ao descobrir que Bella está grávida, Sam, líder do bando de lobos, decide destruir a “criatura”, julgando que seria um perigo para todos. Jacob não concorda com isso, sabendo que se acontecesse, Bella morreria também. Apesar de seus argumentos, Sam se mostra irredutível e tenta obrigar Jacob e Seth – único membro do bando além deste a não apoiar o ataque – usando o seu domínio de alfa, a se juntarem ao bando no ataque aos Cullen, que defenderiam Bella e, consequentemente, o bebê. Jacob não aceita esse fato, optando por tomar posse de sua herança sanguínea de alfa, a qual nunca aceitou, por achar que Sam seria um melhor líder do que ele. Então Jacob abandona o bando, sendo seguido por Seth e, mais tarde, por Leah. Eles avisam aos Cullen sobre os planos de Sam e a luta não acontece."

Gostei deste livro. Foi de todos os desta saga o que mais gostei de ler, com um final muito cor de rosa, que sempre se adivinhou e que deixa a porta aberta para uma futura continuação. OK, está lido mas continuo a não perceber a paixão que apareceu em volta destes livros... :)